Tempo em Teresópolis

Gloria TV


Fontes


Relógio


Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Relógio Digital

terça-feira, 30 de julho de 2013

PRONUNCIAMENTO DO SENHOR GENERAL PAULO CHAGAS EM 29 DE JULHO DE 2013.









-



















































segunda-feira, 29 de julho de 2013

  • PRONUNCIAMENTO CORAJOSO DE UM GENERAL









Caros Amigos

A chegada do PT ao poder e os dez anos de sua permanência na direção do País criaram, além do caos social, moral e econômico, a incerteza quanto ao futuro das instituições republicanas, uma vez que o partido não deixa de alimentar a intenção de transformar o Brasil numa República Socialista Bolivariana.

A reação recente da sociedade nas ruas, em que pese o "show da guerrilha urbana" que tenta desvirtuá-la, mostra que o povo deu-se conta dos males que representam para seu futuro o aparelhamento do Estado, do primeiro ao último escalão; o domínio completo do aparato sindical; a concentração de meios, a logística, o treinamento, o dispositivo e o incentivo dados às ações e pretensões dos chamados “movimentos sociais”; a concentração de recursos financeiros, visíveis e invisíveis, nas mãos dos “corruPTos”; a cada vez mais evidente ligação do “ParTido” com o crime organizado; e a coordenação e o controle exercidos pelo Foro de São Paulo sobre os horizontes de seus associados.

Todo este potencial reunido nos induz a considerar a possibilidade e a probabilidade de que grandes tumultos, demonstrações de força, quebra-quebras, greves ilegais e tudo o mais que compõe o repertório destrutivo da esquerda radical venham a ocorrer, se as pesquisas de opinião indicarem com clareza a derrota de Dilma no processo de reeleição.

O primeiro objetivo do tumulto será inviabilizar o pleito e o segundo será fazer crer aos desavisados e aterrorizados cidadãos de bem que a situação da ordem pública e a "pacificação nacional" dependem da permanência dela e dos corruPTos no poder!

Por imposição do partido, com o aplauso dos parceiros do Foro de São Paulo e com o apoio dos eternos oportunistas, no Congresso e fora dele, e dos “intelectuais orgânicos”, sempre a serviço da enganação, "as eleições serão adiadas até que haja clima favorável e seguro para realizá-las"!

Esta conjectura, com certeza, alimenta as mentes insanas dos canalhas que, inebriados pela exacerbação da ambição e pela subestimação da tolerância do povo, imaginam ser possível, desta forma, a instalação definitiva da "ditadura do proletariado" em Terras de Santa Cruz!

Tratam-se apenas de conjecturas, apocalípticas, é verdade, mas acreditar que haja qualquer tipo de honestidade nos propósitos dos homens e mulheres que integram e apoiam o atual governo, dentro e fora do País, é, também, fugir da realidade.

Seja como for, vale o alerta e fica a imagem como válida também para depois do pleito, pois, se derrotados e contrariados em seus anseios, venderão caro a estabilidade e a governabilidade, como fizeram no Rio Grande do Sul durante a administração de Yeda Crusius. Por outro lado, caso sejam ainda vencedores, premidos pelo tempo e pela caótica situação produzida por sua incompetência e reconhecida vilania, tentarão, agravando a desordem e o desmando, consolidar as condições objetivas e, com elas, introduzir a componente subjetiva do golpe.

Em todos os casos, imaginam que a circunstância adversa e a “disciplina” das Forças Armadas farão com que elas, para evitar uma guerra civil, aceitem e respaldem a "solução da casa", ou, no mínimo, que se omitam diante do golpe.

Ledo devaneio!

Conhecendo e confiando em meus camaradas, sugiro aos que alimentam tais esperanças que façam uma avaliação melhor e mais realista do comprometimento das FA, porquanto, caso decidam pela quebra das estruturas legais da república, as encontrarão aliadas, como sempre, à democracia, ao seu dever constitucional e aos interesses daqueles de onde, legitima e legalmente, demanda o poder. Em nome deles, elas lhes negarão respaldo e, mais uma vez, frustrarão a traição!

Que Deus nos proteja como protegeu o Papa Francisco durante sua estada no Brasil e que estas "conjecturas" não ultrapassem os limites da presunção!

PChagas

Publicado em OCC Alerta Brasil. 

Postado por Ciro Novaes às 21:23




3 comentários:


Tenho saudade do tempo da ordem e disciplina que existiam no Brasil... Hoje não vivemos nem de longe uma democracia, o que vivemos no Brasil é "ANARQUIA"... Profº CELSO BONFIM.Responder



So está sendo enganados aqueles, que não conhece a história política deste país.Quem viveu a intervenção militar, nos anos de 1964 sabe, quanto custou a nossa fraca e combalída democracia. Grças a Deus, e as fôrça armadas dêste país.Se a intervenção militar não tivesse acontecido estaria hoje o Brasil na maior crise institucional: Hoje o Brasil seria uma Córeia do norte, uma cuba,ou uma venezuela.Os nossos supermecados. estarias com as prateleira vazias, e o pôvo fazendo filas pra comprar alimentos. Graça a ditadura militar o país voltou a esperança. Vamos pôvo brasileiro ainda há uma luz no fundo do pôço.Responder



ESPERO,que logo os militares façam intervenção nesse país,e que o povo brasileiro querem,muitos com medo não se manifestam,porque quem está por cima é justamente o governo,é e eles são perigosos,e estão em todos os meios da nossa sociedade,promovendo todos os atos possíveis que possam manipular os nossos jovens.Precisamos enquanto há tempo salvar esses jovens e mostrar o verdadeiro valor de uma Pátria e seus servidores e com respeito,sensatez,como um ser humano em uma sociedade digna de se viver.Obrigada pela atenção!AVANTE BRASIL!

Responder












Links para esta postagem









Arquivo do blog

2013 (229)
Julho (39)
Junho (47)
Maio (40)
Abril (30)
Março (22)
Fevereiro (20)
Janeiro (31)
2012 (38)




Seguidores




Total de visualizações de página
38,061











Google+ Badge




Google+ Followers


Modelo Watermark. Tecnologia do Blogger.





Nenhum comentário:


-